Existe uma grande expectativa à volta da Expo 2020 e são várias as iniciativas que estão a ser desenvolvidas. O impacto da Expo 2020 já se sente na economia, mas à medida que o tempo vai passando começa a ter cada vez mais peso.

 

O mercado imobiliário do Dubai é atrativo e os números demonstram que houve um aumento nas transações imobiliárias de 45% em relação ao primeiro trimestre de 2016, de acordo com os números divulgados pelo Dubai Land Department (DLD).

 

Será implementado a partir do dia 1 de Janeiro de 2018, nos Emirados Árabes Unidos e na Arábia Saudita (e também nos outros países do Golfo no decorrer do mesmo ano), o regime de IVA, imposto indirecto de consumo sobre a maioria dos produtos e serviços destes países. Focando-nos nos EAU, a introdução deste imposto é visto como mais um passo para a auto-sustentabilidade do país face à anterior dependência quanto aos recursos naturais disponíveis (leia-se petróleo).

 

A Autoridade dos Serviços Financeiros do Dubai, entidade responsável pela supervisão e implementação de normas de branqueamento de capitais e combate ao financiamento do terrorismo, celebrou, no passado dia 22 de Fevereiro um Memorando de Entendimento com a Autoridade Europeia dos Valores Mobiliários e dos Mercados, sendo o 100.º Memorando de Entendimento assinado pela Autoridade dos Serviços Financeiros do Dubai e o 2.º com a Autoridade Europeia dos Valores Mobiliários e dos Mercados, tendo o 1.º Memorando de Entendimento, referente às Agências de Notação de Riscos de Crédito, sido assinado em 2013.

 

Um novo relatório do World Economic Forum (WEF) posicionou os EAU como a economia mais competitiva do mundo árabe e de toda a região MENA, ocupando também o 16º lugar mundial entre a Bélgica e o Canadá. Actualmente a Suiça, Singapura e os EUA continuam a ser as economias mais competitivas da lista.

 

Subscreva a newsletter AOB
e receba as ultimas notícias a nivel mundial


Registo na Ordem dos Advogados sob o n.º 13/04

Morada: Av. Engenheiro Duarte Pacheco, 19, 1º andar
1070 - 100 Lisboa

Tel: +351 21 371 33 50

Por defeito, este site usa cookies. Estes cookies destinam-se a optimizar a sua experiência de navegação neste site.